Fechando o quinto e último dia de festival com chave de ouro o mestre Raimundo Sodré mostra como se faz ainda um bom samba na Bahia. Acompanhando o mestre e quebrando tudo também, está o grupo Africania.

icania.